Borbulhas.com

Tudo sobre as borbulhas (acne)

Tratamento natural para o acne

Uma abordagem natural

As borbulhas que são características do acne, quer sejam protuberâncias vermelhas, pústulas amarelas ou saliências negras, estão todas repletas de bactérias, portanto a principal forma de tratamento convencional é com elevadas doses de antibióticos. Mas estes antibióticos não estão livres de efeitos colaterais, tais como infecções / aftas em mulheres.

Além disso, também se pode desenvolver resistência aos antibióticos, especialmente quando os antibióticos são receitados por um período de meses. Isto pode deixar o corpo aberto a infecções mais sérias. Por esta razão, muitas pessoas escolhem uma abordagem natural para o tratamento do acne.

Uma função vital da pele é que no corpo é um dos principais órgãos de eliminação. Muitos médicos de clínica geral acreditam que o acne é um sinal de um desequilíbrio no sistema com erupções na pele como resultado da falha do corpo em eliminar as suas toxinas e desperdícios com eficiência. Assim a primeira medida importante é ajudar o corpo a purificar-se.

Suamos aproximadamente 56,83 cl de líquido numa base diária (sem levar em conta qualquer actividade vigorosa). O suor não é simplesmente constituído por água, mas contém sal, potássio e desperdícios na forma de ácido úrico, ureia (ambos provenientes de perturbação química de proteína) amónia e ácida láctico. Se por alguma razão os órgãos do corpo não estão a trabalhar em todo o seu potencial, isto é, a pessoa está com obstipação ou os rins têm estado a trabalhar em demasia, então maior quantidade de desperdício do corpo é expelida através da pele dando como resultado uma cor monótona e problemas de pele. Assim, muito embora não haja uma ligação provada entre o acne e uma má dieta, se a pessoa tiver acne, toma as coisas mais fáceis para a pele se se seguir uma dieta que:

Há grandes quantidade de alimentos que podemos comer que encorajem activamente a eliminação de desperdícios do corpo. Mas primeiro as más notícias: devem-se evitar certos alimentos a fim de facilitar o processo e eliminação, porque são aqueles que produzem a maior parte de desperdícios e toxinas nas células da pele. Estes incluem leite, creme, açúcar, alimentos conservados e os que têm muitos aditivos.

Homeostásis

O corpo humano é como uma maravilhosa máquina autogeradora. Sara-se e regula-se por meio de um processo conhecido como homeostásis. Uma das funções fundamentais da homeostásis é desintoxicar o corpo e isto envolve uma série de órgãos corpóreos incluindo a pele. A eficiência destes órgãos depende tanto dos factores herdados como da forma como tratamos o nosso corpo. Algumas pessoas parecem abusar continuamente do seu corpo e todavia sair incólumes, enquanto outras são incapazes de enfrentar pequenos níveis de toxinas e stress.

Este factor é provavelmente genético. Porém, é possível melhorar os níveis de homeostásis.

As entranhas

As entranhas deslocam grandes quantidades de matérias diariamente, mas podem facilmente ficar obstruídos devido a uma dieta pobre. Se a pessoa pensa que um movimento das entranhas por dia é bom, então pense de novo!

Quatro quintos dos alimentos que a pessoa come devem ser eliminados pela via das entranhas e um movimento das entranhas não vai provavelmente fazer o trabalho.

Alguns dos alimentos da nossa dieta ficam parados atrás no cólon causando uma quantidade de desperdícios. Amidos altamente refinados (tais como bolos), produtos lácteos, ovos, açúcar, remédios receitados e uma falta de fluido e fibra são os principais culpados. Para manter entranhas saudáveis, é importante cortar com estes alimentos e comer alimentos ricos em fibras.

Cortar no trigo e outros cereais que contêm glúten pode também ajudar a manter as entranhas e cólon bem limpos.

Intestinos

Os alimentos que comemos passam do estômago para os intestinos onde os nutrientes são absorvidos e os resíduos ficam prontos para a eliminação.

Este processo envolve cerca de 400 espécies de micro-organismos, alguns dos quais são necessários e outros não são. Alguns dos bons são Bifidobaeteria e Laetobaeillus acidophilus (isto também se encontra no iogurte activo) e estes são soberbos agentes de desintoxicação. Ajudam a digerir os alimentos que comemos, bem como a estimular a acção peristáltica (o movimento que empurra o conteúdo dos intestinos).

Se a pessoa sofre de obstipação e intestinos preguiçosos, não deve sobrecarregar o corpo e deve comer apenas quando sentir fome. Certifique-se de que está a comer uma grande quantidade de fruta, vegetais e cereais integrais para obter a fibra de que precisa.

Comer frutos secos como figos e ameixas regularmente fará as coisas moverem-se. É também extremamente importante manter a tomada de fluido alta, portanto convém beber pelo menos 1,5 litro de água pura diariamente Guntamente com bebidas quentes).

Rins

A acção dos rins é dupla. Eliminam as toxinas do sangue por meio da urina e também poupam e absorvem valiosos nutrientes que podem ser recicIados para uso futuro do corpo.

O nosso corpo está cheio principalmente de água e nós eliminamos cerca de quatro litros e meio de água todos os dias através da pele, dos rins e de outros órgãos de eliminação.

Infelizmente, a eficiência deste efeito de filtro diminui com a idade ou toxidade devido a dieta, remédios ou a um ambiente tóxico. Se os nossos rins não estão a funcionar com total capacidade, o facto é notório na urina (pode ser que tenha um cheiro forte, uma coloração escura ou turva).

Comer funcho, alho-porro, cebolas e couve crua ajuda os rins a funcionar com mais eficiência. Ou tentar beber uma infusão de chá de urtiga. Sumo de espargos é um purificador particularmente bom dos rins, e aumentar a tomada de água pura também faz bem.

Fígado

Este órgão importante de desintoxicação tem mais de 1500 funções diferentes, desde segregar bílis para a formação do sangue.

Transforma todos os alimentos (excepto algumas gorduras) que foram absorvidas pelos intestinos, antes de libertarem os nutrientes para a corrente sanguínea. O fígado também filtra o sangue, removendo, desactivando ou transformando as toxinas, desperdícios e bactérias, mas se for bombardeado com demasiadas toxinas, a sua capacidade de desintoxicar será diminuída. Se o fígado estiver a funcionar abaixo da média, a pessoa pode sentir náuseas, ter indigestão oú uma língua com saburra.

Comer uvas, aipo, maçãs, cenouras, azeitonas, azeite e beber chá de dente-de-leão tudo isso ajudá-Io-á a trabalhar com mais eficiência.

Os suplementos de silymarin (cardo de leite) podem também ser tomados para fortalecer o funcionamento do fígado.

Pulmões

Quaisquer restos tóxicos deixados no sistema interno podem ser exalados através dos pulmões.

De facto, muito mais é passado através desta forma do que através da urina.

Os nossos pulmões estão constantemente a lançar cá para fora dióxido de carbono e restos de ácido carbónico sempre que expiramos. Infelizmente os poluentes tóxicos que inalamos atingem a corrente sanguínea mais rapidamente do que aqueles que chegam pela via do sistema digestivo porque se realiza menor filtragem pelos pulmões.

É sempre importante inspirar através do nariz e expirar através da boca para manter limpos os pulmões de toxinas.

Um dos melhores expectorantes para limpar os pulmões é o alho, de preferência fresco, embora seja possível comprar cápsulas de alho em lojas de alimentos de saúde.

Vasos linfáticos

A linfa é um produto derivado do sangue e é transportado pelo corpo através de uma vasta rede de vasos.

O sistema de drenagem linfática, interagindo com a corrente sanguínea através de canais especiais, depende principalmente da acção de bomba da respiração e da acção dos nossos músculos à medida que se contraem e expandem durante a sua utilização.

Os vasos de linfa contêm uma enorme quantidade de células brancas do sangue que atacam os invasores e libertam a matéria de desperdícios. Estes agentes de importante função imune chamam-se linfocitos e macrófagos e protegem-nos contra infecção, cancro e toxidade. A linfa passa através de uma série de filtros (nós de linfa), que se encontram no pescoço, sovacos, virilhas e parte de trás dos joelhos.

O sistema de drenagem linfático representa um papel importante na remoção dos desperdícios, mas pode facilmente ficar obstruído por uma dieta que seja demasiado rica em alimentos com que o corpo acha difícil conviver, tais como a carne vermelha, produtos lácteos, açúcar, alimentos fritos e substâncias sintéticas.

Pele

A pele é um apoio extremamente eficiente para os outros órgãos de eliminação. As centenas de milhares de glândulas de suor na pele agem como mini-rins, desintoxicando outros órgãos e limpando o sangue.

Para a pele satisfazer este importante trabalho com eficiência, os poros da pele precisam de estar desbloqueados. Sinais de problemas de eliminação tomam-se visíveis na forma de manchas, pústulas, furúnculos, etc. Uma das melhores formas de remover as células da pele morta que muitas vezes bloqueiam os poros da pele é usar uma escova de corpo.

Uma escova feita de fibras naturais com uma base de madeira e com um longo cabo removível de madeira também. A pessoa deve começar a esfregar para cima a partir dos pés até às ancas e sempre esfregar na direcção do coração. As esfregar as costas, esfrega-se para cima a partir do fundo na direcção do meio das costas e depois esfrega-se para baixo por cima de cada ombro. Esfregar a pele não só remove sujidade e pele morta do statum corneum (a parte exterior da pele), mas também ajuda a circulação e a drenagem linfática que ajudará a eliminar os desperdícios internamente. É preciso fazer isto diariamente, antes de tomar banho ou «chuveiro».

Fazer exercício regularmente também ajudará, porque o exercício aumenta o fluxo de sangue para à superfície da pele, melhorando o processo de alimentar as células da pele e eliminando a matéria de desperdícios.